O segredo está nos detalhes!

Foto 1Foto 2

Pequenos detalhes, grandes looks. Vocês provavelmente me verão falar muito sobre simples e importantes elementos de composição do visual.

Com o tempo a gente vai descobrindo o que funciona para o nosso estilo e começa a notar como cada vez mais as nossas escolhas são acertadas. Tive que me adaptar a usar roupas formais por causa do trabalho, mesmo não sendo a minha vibe. Para conseguir adicionar um pouco de personalidade ao dress code, costumava adicionar uns toques que vou falar para vocês agora. Advogadas, esse é o momento, se liguem!

1) Colares: escolha o seu tipo ideal e ganhe um quê esperto de personalidade no look. A ideia ao se vestir é mostrar quem você é, certo? Por isso, optar por um maxi colar com toda certeza transmitirá uma mensagem diferente do que usar um mix de colares fininhos, por exemplo. Mas você pode ir além. Misturar cores e metais. Tamanhos distintos. Ou fazer como fiz: usar a gola da camisa combinada com o colarzão. Amo fechar todos os botões e colocar o acessório por baixo da gola, aparecendo só a parte da frente. É um detalhe bobo, mas que muda demais!

2) Punhos: e se eu deixar o punho da camisa aparecendo para fora do blazer? Vai ficar massa! Experimente arregaçar as mangas, literalmente, mas deixar escapar um pouquinho do tecido por baixo. A naturalidade proposital chama a atenção e, sendo a camisa estampada e/ou colorida, ainda adiciona mais visibilidade à estampa/cor.

3) Flatform: simmm, eu amo! Não sou muito de usar saltos, então a ideia de ganhar uns centímetros a mais sem sofrimento para os meus pés é uma coisa linda! Experimente substituir, num mesmo look, sua sandália rasteira, tênis ou oxford padrão por uma versão flatform. Muito além de ficar mais alta, a plataforma, mesmo que pequena, vai trazer estilo e impacto ao look escolhido. Por ser, de certa forma, mais grosseiro (principalmente numa versão toda fechada como a minha), o salto nesse modelo deve ser equilibrado com peças mais leves e coloridas, para quem gosta de manter um visual mais feminino.

4) Barra da calça dobrada: acho que uso mais assim do que na versão normal haha amo demais mesmo! Esse mini pedaço de pele à mostra ajuda a tirar um pouquinho da seriedade de uma roupa formal. Quando usado em calças sociais, por ser inusitado, fica ainda mais moderno e interessante.

5) Camisa para fora da calça: eu sei que essa escolha não favorece muito as baixinhas, mas não me importo. É mais despojado e incomum num ambiente formal usar a camisa para fora, folgadinha mesmo. Foi uma escolha que, juntamente com o blazer, não trouxe grandes problemas à roupa, que ainda assim ficou usável.

6) Batom escuro: na foto ele está discreto, na vida real não tanto. Sempre optei por batons mais escuros para trabalhar, já que a maquiagem também compõe o visual. A depender do contexto do seu emprego e da sua atuação jurídica é possível dar uma ousada nesse sentido. Mas vá com calma. Nada de meter um esfumado preto, minha amiga haha Vamos transgredir com cautela, por favor!

Meninas que trabalham em escritório, vocês conseguem incluir um quê do estilo pessoal no dress code formal?

Anúncios

Você sabe para que serve a consultoria de imagem e estilo?

Vestir-se bem vai além da escolha da blusinha certa. Aquilo que a gente veste diz para o mundo desconhecido quem somos. Claro que é possível mudar uma imagem a princípio equivocada, mas, na real, tem momentos em que a gente não quer errar. Ou nem pode!

A consultoria de imagem vai além do bê-á-bá sobre roupas. O objetivo é entender quem você verdadeiramente é e conseguir transmitir isso através da vestimenta, acessórios, cabelos e até mesmo do comportamento.

Esqueça as ideias equivocadas que você provavelmente tirou dos programas de TV. Ali, temos apenas um recorte bem pequeno de toda a profundidade envolvida no processo de consultoria. A meta é mais intensa. É entender o outro, desvendá-lo e, aí sim, mostrá-lo ao mundo da forma que ele deseja: acertada e muito mais feliz.

Aos poucos, contarei por aqui como funciona cada etapa. É uma delícia, tenho certeza que vocês vão amar!

Análise Cromática: o que é e para que serve

Oi, gente!

Hoje queria falar um pouco sobre um tema que considero muito interessante e recentemente tive a oportunidade de aprender num curso de consultoria de imagem que fiz: análise cromática e coloração pessoal.

Se você se interessa um pouco por consultoria de imagem e estilo, já deve ter ouvido falar dessa etapa, mas daí a saber o que é e entender de verdade como funciona, já é outra história!

Antes do curso, não tinha ideia de como é complexo esse passo da consultoria e em como isso exige estudo, técnica e realmente influencia na imagem das pessoas. O método que aprendi, chamado Sazonal Expandido, é o mais comumente usado pelas consultoras de imagem e funciona da seguinte forma.

Basicamente, a análise cromática irá avaliar qual o tom de pele da pessoa (quente ou fria), enquadrando-a em uma das categorias criadas: outono e primavera para pessoas de pele quente; verão e inverno para peles frias). Superado esse baque de que verão é frio (sim, ainda estou aceitando), depois disso, existem subdivisões, nas quais você pode ser classificada como inverno escuro ou verão opaco, por exemplo.

cartelacores1

Sim, legal, massa, mas qual a utilidade disso tudo na minha vida? Veja bem, provavelmente você já passou pela situação de usar cores que não te favorecem e ficar com cara de abatida, doente, com olheiras e manchas do rosto mais destacadas. Já determinadas cores te deixam linda, radiante, quase Gisele na abertura das Olimpíadas (imagina? hahaha) e você sempre quer repetir.

Pronto, você, na verdade, já sabe pra que serve a análise cromática! É justamente pra que sejamos Gisele mais vezes na vida e evitemos essas cores que nos deixam com uma cara de bad profunda.

Mas e aí que nunca mais na vida vou poder usar aquela cor só porque alguém disse que não fica bem pra mim? Não, né, querida! Primeiro, porque somos livres, ninguém é obrigado e eu mesma não deixaria de usar uma blusa linda, só porque ela não está na minha cartela de cores. Segundo, porque essas cores tem impacto nas peças usadas próximo ao rosto, maquiagem e cabelo, então sapatos, bolsas e calças estão liberados! Terceiro, porque sempre temos como amenizar o impacto negativo dessas cores equilibrando com outras que favoreçam mais ou com a maquiagem certa.

Esse vídeo da Luciana Ulrich, consultora de imagem, dá um noção de como funciona o trabalho nessa etapa:

Vai dizer que não é legal? Achei super interessante que exista todo um estudo por trás disso que até pouco tempo não fazíamos a menor ideia!

Espero que tenham gostado desse estilo de post mais educativo haha

Não esquece de curtir a página no Facebook e seguir no Instagram!

Consultoria de imagem: como funciona

Hello, pessoas!

Recentemente, fiz um curso de consultoria de imagem e achei que seria um tema interessante para trazer aqui, fazer um resuminho de como funciona, do que se trata, de onde vem, do que se alimenta, todo aquele Globo Repórter já conhecido.

A consultoria de imagem é um estudo feito para adequar a imagem que a pessoa tem atualmente para aquela que ela deseja passar, o que causa impacto direto na autoestima, autoconfiança e até mesmo na vida profissional.

São inúmeras as motivações que podem levar alguém a procurar uma consultora: uma mudança de cargo no trabalho, ascensão social, mudança de peso, de cidade, a busca de melhora da autoestima. Mas o que importa é que se construa uma imagem com base na personalidade da pessoa e na impressão que ela deseja passar aos outros, procurando um equilíbrio.

my personal brand

Quem nunca assistiu Esquadrão da Moda que atire a primeira roupa no lixo, mas a consultoria de imagem é bem mais do que isso e se divide em várias etapas que podem envolver não somente a roupa e o cabelo da cliente, mas também aulas de etiqueta, encaminhamento para fonoaudióloga, organização das peças no guarda-roupa, já que aqui o que importa não é somente o estilo, mas sim o contexto como um todo, dando o conhecimento para que a pessoa mantenha as dicas ao longo da vida.

Rachel-Zoe_Style-Quote

O conceito da consultoria é muito interessante e é um verdadeiro quebra-cabeças, porque é preciso levar em conta o desejo do cliente, o tipo físico, seu tom de pele, profissão, estilo de vida, inúmeras variáveis que ao final tem que estar em harmonia para a pessoa sair feliz com o resultado final e se reconhecendo naquela nova imagem.

Gostaram de saber um pouco mais sobre esse tema? Até o próximo post!