Como montar o guarda-roupa perfeito!

Já falamos por aqui sobre como melhorar o estilo, mas na prática como podemos aplicar essas noções gerais a um guarda-roupa real? Independentemente de qual seja o seu estilo, é interessante seguir alguns conselhos na hora de comprar roupas, pra montar um armário realmente funcional. Do que adianta ter um monte de roupas que não se coordenam, por exemplo? Vem cá que vou te ajudar!

Tenha os seus clássicos

Uma olhadinha rápida nas suas roupas já vai te revelar quais peças são clássicas para você. Por isso, não adianta eu dizer que todo mundo tem que ter uma calça preta ou um blazer branco, porque se sua rotina não incluir utilizar essas roupas de nada vai adiantar tê-las em casa.

Procure analisar o que sempre usa e comprar a peça ideal daquele tipo. Sempre está de calça jeans? Compre uma com o caimento mais adequado ao seu corpo, a sua lavagem favorita, algo que vá durar através das tendências. Ama uma camisa branca? Encontre uma do material que mais te agrada, o corte que te cai melhor, uma camisa realmente versátil e que você poderá usar inúmeras vezes sem enjoar.

Clássicos

Não invista em peças caras e passageiras

Se você é o sortudo que não precisa se preocupar com dinheiro, pode pular essa dica. Se você é um mero mortal, vem comigo! Quando temos que escolher onde gastar nosso rico dinheirinho, é importante refletir se aquela roupa ou acessório será realmente usado a ponto de “se pagar”.

Para isso, procuro perceber se a peça é atemporal ou não. Como não sou escrava das tendências e continuo usando algo que goste muito, ainda que já tenha passado a febre da peça, tento perceber se aquilo perdurará no meu armário pelo meu gosto pessoal. Se você se preocupa muito com o que está na moda e costuma descartar os modelos da estação passada, deve prestar ainda mais atenção nisso.

Segundo

Por esse motivo, se estou à procura de um vestido preto, vejo sentido em pagar a mais por ele. Agora se meu foco é a mule do momento, melhor esquecer o modelo de pelinhos da Gucci e optar por um mais barato na Renner mais próxima, né mesmo? Porque daqui a pouco ninguém mais vai querer sair por aí com esse negócio nos pés, vamos ser honestos haha

Uso a mesma lógica de pensamento para peças muito estampadas. Algo muito marcante provavelmente usaremos menos, então deixo para pagar mais caro em peças lisas e mais usáveis.

Tenha peças que combinem entre si

Recentemente fui ajudar uma amiga a revitalizar o guarda-roupa e percebi o quanto é complicado ter um monte de roupa que não se coordena. De nada adianta você sair comprando peças lindas sem pensar no que já tem em casa. O resultado disso provavelmente serão aquelas duplas que sempre usamos por falta de opção (blusa x combinada toda vez com aquele short y) ou mesmo uma roupa que não se encaixa com nada e nunca será usada.

Combinar

Respeitar o próprio estilo também é muito importante nesse momento. Tudo bem você amar peças estampadas, mas se você não gosta de sair toda florida da cabeça aos pés precisará ter algumas peças mais neutras para combinar. E o contrário também é válido, não adianta querer um ponto de cor se você só compra roupas pretas, brancas e cinzas, correto?

Existem algumas regras que dizem que ao comprar uma roupa ela deve combinar com outras 3 que você já tenha. Caso isso não ocorra, não leve. Além disso, você precisa de mais partes de cima que de baixo, já que o que usamos em cima fica mais em foco e por isso a repetição da peça ficará mais evidente. Então nada de sair comprando loucamente várias saias e shorts e esquecer das blusas, certo? Ah, muita atenção, vestido conta como parte baixo!

Tenha bons acessórios

E quando digo bons não falo aqui de preço, mas sim de qualidade e, mais importante que isso até, coerência com o seu armário. Para quem prefere usar peças menores e discretas  no trabalho e grandes e chamativas na vida social, não adianta só comprar as do segundo tipo e esquecer do primeiro.

Para quem adota um estilo mais criativo, fashionista e extravagante, ter alguns acessórios coadjuvantes é importante, já que as roupas já serão o foco por si só. O mesmo acontece para quem prefere roupas minimalistas, mas quer ter um ponto de atenção no look, melhor escolher acessórios coloridos e que deem o charme que você precisa.

Acessórios!

Não esqueça também de sincronizar os metais. Para quem gosta de sair totalmente combinando, apenas dourado ou apenas prateado, por exemplo, de nada adianta ter um brinco prata, uma pulseira rosé e um relógio dourado. Assim vai ficar impossível respeitar seu próprio estilo.

Compre apenas o que amar

Preciso me apaixonar pela peça para levá-la para casa. Primeiro porque dinheiro não cresce em árvore, infelizmente, então dou valor a cada centavo gasto com roupas. Segundo que não há o menor sentido em comprar algo que eu realmente não tenha gostado. Se não amei, não me senti incrível e não quero morar dentro da roupa, não levo. Sei que muitas vezes estamos desesperados para comprar uma roupa específica para uma ocasião determinada e deixamos tudo tão de última hora que acabamos comprando qualquer coisa para nos livrarmos do problema.

Mas observe comigo como essa lógica está bem equivocada. Salvo algumas exceções, como casamentos, formaturas e eventos que normalmente não se tem uma roupa sobrando de bobeira pra ir, provavelmente você tem algo no armário que não quer usar porque já foi usado antes em outra festa. Aí que você, depois de muito caçar, decide comprar algo que nem gostou tanto assim apenas para ter uma roupa nova para o tal evento. Ou seja, você vai vestida com algo que não amou só para não usar o que já tem em casa. Amando ou não o que você tem, a peça já é sua! Isso não faz o menor sentido, minha gente! Se é pra sair com algo que não gosta, use o que já tem e salve seu dinheiro para uma roupa boa de verdade, não é?

Comprar o que não gostou pra valer é levar pra casa mais um problema, tirar espaço do guarda-roupa, se sentir frustrada toda vez que olhar, se enganar de que já tem roupa demais quando, na verdade, parte daquilo ali nem deveria ter saído da loja.

Amei

A única exceção que abro para essa paixão que me move a comprar é para as roupas do trabalho. Infelizmente a vida adulta nos obriga a comprar peças que muitas vezes não tem nada a ver com o que gostamos de usar, mas que são o casamento perfeito com o dress code da empresa. Aí, minha cara, é sentar e chorar! Dentro das possibilidades reais, invista em algo que você gostou um pouco e tenha adequação ao ambiente, mesmo que não seja o mais profundo e sincero amor à primeira vista.

Que outras dicas vocês adicionariam para montar o guarda-roupa perfeito? No que vocês costumam pensar ao comprar uma roupa?

Anúncios

2 comentários em “Como montar o guarda-roupa perfeito!

  1. amei esse post, ando lendo bastante sobre isso, especialmente sobre guarda-roupas minimalistas, porque é desesperador você olhar seu armário lotado e sentir que não tem nada pra vestir (ou usar sempre as mesmas roupas, que é o meu caso, hahaha). acho que descobrir seu próprio estilo também é algo muito interessante, pra poder dar o pontapé inicial pra começar a montar o novo guarda-roupa, já que a gente acaba comprando muita coisa por moda, ou que não fazem a gente se sentir bem só porque é ~tendência, haha.

    Curtir

    1. Obrigada pelo comentário! Já li sobre armários minimalistas e acho que são super interessantes, mas nem sempre precisamos seguir tão à risca assim, é necessário de modo geral ter cautela na hora de comprar! Mas descobrir seu próprio estilo é importante mesmo, afinal de nada adianta ter mil roupas que não queremos usar! Fiz um post falando sobre como ser mais estiloso, quem sabe você não gosta também? https://achadosurbanos.com.br/2017/01/23/7-dicas-de-como-melhorar-seu-estilo/
      Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s