Séries: Jane The Virgin

Hora de voltar a falar do vício mais legal do mundo moderno: séries! Depois de tentar convencê-los a ver Mistresses aqui, trouxe uma série que me surpreendeu nos últimos tempos.

Alerta: se você espera ler sobre uma história única, com grande apelo social, histórico ou político, desista agora antes de se frustrar, porque esse seriado é mero entretenimento, sabe como é? E foi por isso mesmo que comecei a assistir Jane The Virgin: estava precisando de algo leve pra amenizar o impacto das séries mais pesadas que estava vendo.
jane-the-virgin
Depois de ler esse post do Fashionismo, abri meu coração pra assistir Jane The Virgin, já que com esse nome a primeira coisa que pensei foi: HUMM, NÃO, OBRIGADA, DISPENSO!
Ainda bem que não dispensei, pois não teria rido tanto como nessas duas temporadas! Jane The Virgin conta a história de Jane que, adivinha só… relógio na tela… É virgem. Mas calma, isso é um detalhe tão bobo que você até esquece, porque o problema todo mesmo é que ela foi inseminada artificialmente por acidente e o pai dessa criança claro que não é seu noivo, senão não teria história pra contar.
jane-the-virgin-cast
Daí você já pode imaginar a treta, não é? O que te faz continuar vendo Jane é porque a série é muito bem escrita, os dramas rapidamente se resolvem, mas ela tem um pé no dramalhão mexicano que torna tudo mais engraçado.
Para uma pessoa que considera A Usurpadora a melhor novela de todos os tempos (porque é, óbvio!), Jane The Virgin é a junção perfeita da qualidade da tv americana e os maravilhosos clichês da tv mexicana. Na verdade, a série é inspirada em uma novela venezuelana, Juana La Virgen, mas da Venezuela para o México é um passo.
Destaque para as personagens femininas da trama que são fortes e cheias de personalidade, sendo as principais da série, e pra Rogelio de La Vega, o melhor personagem masculino, pessoa tão surreal, tão excêntrica e maravilhosa que eu queria ser amiga!
rogelio-de-la-vega
A série terá sua terceira temporada lançada outubro e a primeira está disponível na Netflix. É exibida pela CW, emissora que tem um público alvo jovem e feminino e já nos prestigiou com séries como Gossip Girl, One Tree Hill e Hart of Dixie. Que tal dar uma chance pra Jane?
jane-the-virgin-1
Me conta se você já viu Jane The Virgin, o que está achando e qual #team você é (entendedores entenderão)!
Não esquece acompanhar o blog nas redes sociais!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s